Menu

Banner Zeos Travelling

TwitterFacebookPinterestGoogle+

fred oliveiraFred Oliveira é administrador de empresas onde atua nos ramos da comunicação, turismo e imóveis. Em sua tragetória de vida aprendeu que nada dura para sempre e que não se pode perder a oportunidade de mudar sempre. Aqui você vai ler sobre política, comportamento e turismo. Ele também escreve para os blogs Toda Crônica, Tô de Folga e Sempre Viajar.

manifestacao pro impeachment dilmarousseff fred oliveiraQuem me conhece ou me segue pelas redes sociais deve estar estranhando o título deste post, no mínimo deve estar me pré julgando de incoerente, mas realmente eu votei no PT e hoje me sinto trapaceado. 

Veja bem, eu não me sinto enganado e sim TRAPACEADO. Enganar é induzir ao erro, iludir-se, e trapacear é um contrato efetuado por meio de fraude. A diferença é que a eleição é um contrato entre o eleito e seus eleitores e no caso em questão esse contrato já era uma fraude e não fomos avisados.

Trapacear:  s.f. Contrato que, efetuado por meio de fraude. Toda ação que está repleta de má-fé; aquilo que envolve logro; fraude.
(Etm. trapa + aça)

As pessoas mais próximas devem se lembrar quando, em 2002 na primeira eleição de Luiz Inácio Lula da Silva, eu dizia que votaria nele por acreditar que seria capaz de reduzir a corrupção no Brasil e compartilhar com os mais pobres esse dinheiro. Lula foi eleito e conseguiu grandes feitos para as classes sociais menos favorecidas, aumentando o poder de compra através de maior acesso ao crédito, além, claro, dos programas sociais de distribuição de 'dinheiro'.

publicidade

Já em 2006 minha visão sobre o candidato e o Partido dos Trabalhadores não era tão romântica o que me levou a não repetir o voto da eleição anterior. Pelo meu prisma enxergava um governo populista e sem qualquer visão de futuro, fazendo valer o assistencialismo para se perpetuar -e virar o Deus dos manipuláveis- no poder, a inconsequência era tanta que durante a crise mundial de 2008 a primeira medida do Governo foi reduzir o IPI de certos produtos, o que só fez com que os pobres se endividassem ainda mais. Dar crédito e não dar educação é o mesmo que dar comida aos peixes do aquário o dia todo, ou seja, vão se matar de tanto comer.

Na eleição presidencial de 2010 com a possibilidade de termos a primeira mulher Presidenta -é assim que Dilma Rousseff gosta de ser chamada- votei novamente no PT. Nesta oportunidade tínhamos como opções candidatos de pouca ou nenhuma expressão política, a não ser o grande opositor ao governo petista, o governador de São Paulo José Serra do PSDB, um cara arrogante e que não me passa a imagem de que faria as mudanças necessárias ao Brasil, coisa que a ex Ministra da Casa Civil Dilma Rousseff se mostrou pronta a realizar. Ledo engano.

Em 2014, nas últimas eleições presidenciais, fiz coro contra o PT e seus candidatos, mesmo antes de surgirem todos os escândalos de corrupção, lavagem de dinheiro, formação de quadrilha e total incompetência administrativa, já previa que haveria muita poeira por debaixo do tapete e que o populismo não conseguiria manter a podridão por mais quatro anos.

publicidade
Lomadee, uma nova espécie na web. A maior plataforma de afiliados da América Latina.

Hoje vivemos em um país que definha a cada dia como um moribundo sem qualquer remédio ou tratamento, da mesma forma que a saúde, a educação, a economia e até o assistencialismo -carro forte do governo populista- estão perdidos e sem qualquer rumo.

Nesses últimos treze anos nosso país sofreu todos os tipos de roubos e mazelas possíveis e impensáveis, usurparam até mesmo da nossa brasilidade, do sentimento de que formamos uma nação grandiosa e que não 'teme a própria morte'.

Hoje as pessoas andam tristes, as empresas fechando, a saúde em frangalhos e a educação em um retrocesso secular. Não fomos trapaceados apenas nos votos, nos roubaram também o futuro. Sonhávamos ter uma não unida, igualitária e fraterna e estamos vivendo num país deprimido e sem qualquer prognóstico de futuro. Estamos desacreditados de nós mesmos e este é o pior dos sentimentos de um povo.

O PT nos arremessou ao fundo do poço, enquanto isso os idiotas se gabam de terem saqueado um país, e nós, como na época do descobrimento, assistimos passivamente nosso ouro ser levado para o outro lado do Atlântico, só que agora em paraísos ficais.

Notícias de DiviCity

Tecnologia

Seções

Redação

Baladas

REDES SOCIAIS