Menu
TwitterFacebookPinterestGoogle+

feed-image Siga o DiviCity.com

jogadores do cruzeiro“Está difícil de nos vencer em qualquer lugar”. A frase do técnico Mano Menezes vem se confirmando a cada rodada. Neste domingo, o Cruzeiro fez novamente uma partida consistente, esbanjando empenho de um time que não jogou a toalha na luta por uma vaga na próxima Libertadores – mesmo que tal sonho ainda pareça distante. Com a vitória por 2 a 1 sobre o São Paulo, a Raposa chegou a dez duelos sem perder. E o triunfo teve um gostinho ainda mais especial para um centroavante que vai, aos poucos, ensaiando a volta por cima.

Quando o nome e a figura de Leandro Damião apareceram nos telões do Gigante da Pampulha, no momento em que se anunciavam as opções do banco de reservas da equipe azul, vaias vieram dos torcedores presentes nas cadeiras do estádio. Só que as broncas se transformaram em aplausos aos 35 min do segundo tempo. Com um chutaço, o centroavante acertou o canto esquerdo de Denis, virou o jogo e garantiu a festa da China Azul. Luis Fabiano abriu o placar para o tricolor e Willian havia anotado o empate.

Leia também: Com golaço aos 44 min Galo coloca água no chopp do Corinthians

Damião, aliás, foi um iluminado em partidas diante do São Paulo nesta temporada. No segundo embate das oitavas de final da Libertadores, foi dele o gol do triunfo por 1 a 0 dos celestes, que venceram a disputa de pênaltis naquela ocasião.

O atacante, que já havia anotado o tento do empate em 1 a 1 com o Avaí, na rodada passada, espera cravar um lugar no time para o ano que vem. Ele tem a confiança de Mano. Resta saber se conseguirá melhor o desempenho para os quatro duelos restantes.

publicidade

Além de Damião, Willian também teve motivos para sorrir. Com o gol anotado, ele chegou a dez no campeonato.

Esta foi a sexta vitória da Raposa sob a tutela de Mano Menezes – houve também cinco empates e uma derrota. Com o resultado, o time foi a 48 pontos, na décima posição do campeonato.

Dificuldades. O nome do primeiro tempo foi Denis, goleiro do São Paulo. Uma muralha, quase intransponível, ele protagonizou defesas milagrosas. Após várias chances desperdiçadas, o Cruzeiro sofreu um gol de Luis Fabiano. Mas Willian conseguiu furar o bloqueio tricolor e deixou tudo igual. No segundo tempo, brilhou a estrela de Damião, que garantiu os três pontos.

Solidariedade. Os jogadores do Cruzeiro entraram em campo vestindo camisas com os dizeres “SOS Mariana”, por cima do traje azul. E vários torcedores celestes levaram alimentos, a serem doados às vítimas da tragédia que aconteceu na cidade mineira na semana passada.


publicidade

Adicionar comentário

Antes de postar o seu comentário, saiba que temos como identificar o seu computador, portanto é importante que NÃO poste comentários homofóbicos, anti racial ou que venha a denegrir a imagem de alguém. Você será responsabilizado caso isso venha a acontecer.


Código de segurança
Atualizar

Notícias de DiviCity

Tecnologia

Seções

Redação

Baladas

REDES SOCIAIS