Menu
TwitterFacebookPinterestGoogle+

galo na copa libertadoresSe você é atleticano, de verdade, com certeza irá lotar o Mineirão hoje à noite e apoiar o time do primeiro ao último segundo de jogo, independentemente de quem esteja em campo e da fase ruim do time. Sei que a expectativa criada em torno dessa equipe foi muito grande e que as decepções no Brasileiro e na Copa do Brasil vieram na mesma proporção. Porém, hoje o assunto é Copa Libertadores, última chance de o Galo levantar um troféu nesta temporada – Campeonato Mineiro eu não conto. Sei que você está furioso com Fred, Robinho, Cazares, Elias e Marcos Rocha. Porém, garanto que eles serão diferentes nesta noite e que jogarão o que sabem e o que não sabem para que o Atlético se classifique. Garanto também que os suplentes que entrarem em campo no decorrer da partida vão dar sangue, suor, corpo e alma. Não poderá ser diferente com o Mineirão lotado e aquela gente cantando o hino, principalmente a parte mais importante: “Vencer, vencer, vencer, esse é o nosso ideal...”. O cara que não se arrepiar com isso e não “comer grama”, sinceramente, não merece vestir a camisa alvinegra.

Promoção de viagemNesta noite, espero que a má fase tenha ficado em Porto Alegre, na derrota para o Grêmio. Do jogo contra o Jorge Wilstermann em diante, o Galo será outro. Será uma equipe com qualidade, criatividade e gols. Quero ver o artilheiro Fred, aquele que deu dois títulos brasileiros ao Fluminense, encher o balaio dos bolivianos. Quero ver Robinho pedalando pra cima dos gringos, deixando-os tontos. Quero ver Cazares fazendo lançamentos preciosos e cobrando faltas com maestria. Quero ver Rafael Carioca marcando como nunca marcou na vida. E olha que o time boliviano é fraco. Pelo que vi do jogo de ida – Jorge Wilstermann 1 x 0 Atlético – , o time mineiro tem tudo para golear. Eu estou apostando nisso há tempos e não acho que Fred, Robinho, Cazares e Elias vão me decepcionar, nem tampouco sua gente fanática e fantástica.

Acho engraçado o torcedor que diz que está tudo errado no Galo por causa de uma fase ruim. Esse não é o verdadeiro torcedor, é o “ondeiro”, “corneteiro”. Flamengo e Palmeiras, tidos e havidos como os dois melhores times do país, passam por crise semelhante. O grande problema do futebol atual é que bandidos, infiltrados em torcidas organizadas, se acham donos do clube, sentem-se no direito de agredir dirigentes e jogadores, como se no Brasil não houvesse lei. Aliás, lei é o que não falta por aqui. O que não existe mesmo é punição. O cara bate, quebra, mata e, no jogo seguinte, lá está ele na arquibancada provocando novas arruaças. Não existe jogador que faz corpo mole ou mal-intencionado. O que existe é má fase de alguns, falta de qualidade e futebol de outros, e ponto. Se um jogador perde aquele gol que até nossa avó faria é porque treinou mal durante a semana. Aliás, os jogadores da atualidade, salvo algumas exceções, não gostam de treinar. Adoram ficar ao celular, querendo saber do empresário se há algum clube interessado em pagar mais que o atual. Talvez esteja aí a explicação para tantos jogos ruins.

Hoje, porém, que torcida e jogadores, em má fase ou não, façam um acordo, uma trégua em prol da instituição Clube Atlético Mineiro. Será muito triste, exceto para os cruzeirenses, acordar e ver o Galo eliminado por um time de quinta categoria da Bolívia. Que me perdoe o Jorge Wilstermann, mas esse time tem que voltar para Cochabamba com uma sacola de gols nas costas. Não admito outro resultado. Sei que com a falta de craques e o empobrecimento técnico do nosso futebol, qualquer time bem-organizado e bem fechado dificulta as ações, porém, nesta noite, não! Fred e companhia vão dar conta do recado e definir a parada já no primeiro tempo. Não pode acontecer nada diferente disso. Pra cima deles Galo. Que os bons ventos das campanhas de 2013/14/15 voltem a soprar no Mineirão. “Aqui é Galo, porra!”

CURSO CBF

Visando qualificar profissionais que atuam no futebol em todo o país, a CBF Academy desembarcará em BH pela primeira vez. É o curso de análise de desempenho nas categorias de base, voltado para profissionais que desejam atuar como observadores técnicos ou analistas de desempenho. O curso acontecerá entre os dias 17 e 20 deste mês, na PUC Minas. Os interessados devem ter o ensino médio completo. As inscrições deverão ser feitas através do site oficial da CBF.


publicidade

Notícias de DiviCity

Tecnologia

Seções

Redação

Baladas

REDES SOCIAIS