Menu
TwitterFacebookPinterestGoogle+

Banner Zeos Travelling

sexo pela manha“Basta abrir bem os olhos para saber quem começou a manhã com sexo e quem não. Isso se nota”, diz a sexóloga Ruth González Ousset. E acrescenta: “Amanhecer com sexo é a melhor maneira de começar o dia. Os hormônios liberados durante o ato sexual ajudam a render mais no trabalho e melhoram o estado de ânimo”.

A ciência também avaliza essa opinião. “O sexo na primeira hora do dia influencia notavelmente a forma como encaramos a jornada, tanto por seu efeito químico (são segregadas endorfinas e oxitocina, hormônios que melhoram o estado de ânimo) como por seus efeitos psicoemocionais (os abraços, carícias e brincadeiras fazem com que nos sintamos queridos e atraentes)”, explica o sexólogo Juan Macías Ramírez.

Então basta antecipar a hora do despertador. Ramón, advogado de 42 anos, conta que há anos vem colocando isso em prática: “Minha mulher e eu começamos a fazer sexo antes de irmos trabalhar quando estávamos tentando que ela engravidasse. No começo era um pouco estressante, porque tomávamos quase como uma obrigação. Mas depois relaxamos e nos habituamos como forma de começar o dia. Agora, depois de termos o nosso filho, continuamos acordando meia hora antes alguns dias por semana para fazer amor antes de ir para o trabalho”.

O objetivo de acordar com tempo é poder desfrutar desses encontros sem pressa, dedicando-lhes a atenção necessária, com o estímulo de que antes de tomar o café da manhã já teremos feito algo benéfico para o nosso organismo. “Trata-se de uma rotina que, além de ser divertida e agradável, ajuda a exercitar o corpo, motiva, reativa o sistema respiratório e inclusive regula o apetite. E também é uma boa forma de que o sexo a dois seja fluente e dinâmico”, observa Macías.

LEIA TAMBÉM: MEU NAMORADO NÃO GOSTA DE SEXO, O QUE FAZER?

A sexóloga Marta Ibáñez, que apoia a teoria de Macías, quer acabar com a má fama que envolve a rotina de modo geral. “A rotina está subvalorizada. É algo de que temos muito medo, e na verdade os seres humanos precisam de costumes e rotinas estabelecidas. É possível ser plenamente feliz tendo relações todos os sábados à mesma hora na posição papai-e-mamãe, e ser profundamente infeliz procurando que cada relação sexual seja única e irrepetível". Ruth González também acredita nos benefícios de manter uma rotina sexual, e apresenta seu argumento: “Se sabemos em que dias vamos à academia, por que não colocar no calendário semanal os dias em que teremos relações sexuais? Estamos numa era em que o tempo é o mais valioso que temos, e devemos aproveitá-lo ao máximo. Comprovei que as pessoas que programam os encontros sexuais praticam mais sexo que as que não programam”.

desire resort 300x250Mas fazer sexo na primeira hora do dia não é benéfico apenas para a saúde. Segundo um estudo feito por cientistas norte-americanos, o sexo matutino melhora também a produtividade no trabalho e as habilidades profissionais. Os especialistas chegaram a essa conclusão após estudar 500 casais, de 18 a 50 anos, que responderam a perguntas sobre sua vida pessoal e seu trabalho.

O resultado da pesquisa revelou que os casais que mantinham com assiduidade relações sexuais matutinas tinham mais sucesso em sua carreira profissional e mais renda. E a explicação para esse fenômeno está na energia que a prática oferece. Fazer sexo ao despertar ajuda a que as horas de trabalho sejam produtivas. O Instituto Alemão de Economia do Trabalho corrobora essa teoria e defende que as pessoas que mantêm relações sexuais pela manhã ganham mais dinheiro que aquelas que não o fazem. Isto ocorre porque o sexo nos torna mais entusiasmados no trabalho e nos ajuda a tomar boas decisões.

Mas nem todos se sentem à vontade para abordar o cônjuge antes de tirar as remelas dos olhos. “Odeio o bafo que temos ao acordar. Perco o tesão. Meu namorado acha que sou muito fresca porque peço a ele que ante de mais nada vá lavar o rosto e escovar os dentes, então normalmente não costumamos fazer sexo pelas manhãs, porque não chegamos a um acordo", reconhece Paula (34 anos, bióloga).

LEIA TAMBÉM: MODELO JÉSSICA CONSTANTINO PAGA FACULDADE VENDENDO NUDES

Nestes casos, a sexóloga Marta Ibáñez recomenda negociar e ceder: “Cada casal tem necessidades específicas. O mais importante é estarem descansados, à vontade e terem tempo para a intimidade sem pressas nem pressões. Há casais que, por exemplo, ficam mais à vontade fazendo sexo na hora da sesta”.

Para manter uma relação conjugal saudável e capaz de sobreviver à passagem dos anos é necessário cuidar dos pequenos momentos de intimidade (carícias, beijos, toques, palavras bonitas...) todas as manhãs. “Nem sempre precisam terminar em relação sexual. Trata-se de momentos que podem dar lugar a um encontro sexual breve ou simplesmente gerar um maior vínculo afetivo e um aumento do desejo no casal”, diz a sexóloga Núria Jorba. Além disso, a forma como nos despedimos do nosso cônjuge também é importante. “É preciso beijar direito, não simples selinhos para constar. É importante sentir o beijo”, insiste Jorba.

E se eu não tenho com quem transar? O sexo sempre cai bem, seja só ou em companhia, e de qualquer forma é benéfico para a saúde. “Durante o orgasmo são segregadas endorfinas que melhoram o humor e mobilizam muitos grupos musculares, algo necessário para desentorpecer o corpo depois de muitas horas imóvel na cama”, argumenta a sexóloga Leire Méndez. Outro motivo que torna o sexo tão benéfico no começo da manhã, solitário ou acompanhado, é que o corpo se encontra no momento de maior predisposição para isso. “Ao despertar depois de um sono reparador estamos menos estressados. Além disso, durante a fase REM ocorrem as ereções noturnas e a tumescência do clitóris, fatores que favorecem o encontro sexual”, afirma Méndez.

desire resort 468x60 2

Notícias de DiviCity

Tecnologia

Seções

Redação

Baladas

REDES SOCIAIS