Cadernos Especiais

Turismo

Inscrições abertas: viajar o mundo por um ano e salário de €2500

A empresa portuguesa Top Experience Lda anunciou o lançamento da segunda edição do projeto World Life Experience, que este ano levará onze pessoas de várias partes do mundo para vivenciar uma experiência de imersão cultural e responsabilidade social por 20 países diferentes durante 12 meses. O Brasil é um dos 76 países elegíveis.

Os participantes que forem selecionados para fazer parte do projeto terão a chance de dar a volta ao mundo durante um ano realizando trabalhos sociais para organizações não governamentais. Cada candidato selecionado receberá uma quantia mensal de € 2.500 paga pela WLE, que também arcará com as despesas de viagem de cada participante. Dentre os países onde o trabalho será realizado estão: Brasil, Uruguai, Argentina, Chile, Peru, Colômbia, Costa Rica, Portugal, Espanha, Holanda, Alemanha, República Tcheca, Grécia, Tailândia, Camboja, Malásia, Indonésia, Japão, Austrália e África do Sul.

Serão 15 dias em cada destino: seis dias para explorar a região, seis dias fazendo trabalho voluntário e três dias livres. Os viajantes terão 15 dias de “férias” durante o período para visitar familiares e amigos em seu país de origem. Para participar é necessário inglês intermediário, ter entre os 21 e os 39 anos, ser responsável, comunicativo, proativo, flexível e estar aberto a trabalhar em grupo.

As inscrições são pagas (€9) e podem ser realizadas no site até o dia 20 de julho. De acordo com a empresa, €2,5 desta quantia será doado diretamente para uma das organizações não governamentais associadas ao projeto. A etapa seguinte será preencher um formulário com informações pessoais, questionários sobre habilidades específicas, teste de lógica e um outro de inglês. A terceira fase consiste em uma avaliação psicológica e no envio de um vídeo de apresentação do candidato. A quarta fase consistirá em uma entrevista por Skype com os organizadores da World Life Experience. Todas as fases são eliminatórias.

A seleção dos candidatos será realizada pela empresa CEGOC especializada na áreas de formação, consultoria, recrutamento e seleção de profissionais em vários países do mundo.

O grupo da primeira edição, que começou a viagem em fevereiro de 2018,  já esteve em cinco cidades diferentes, “trabalhando com reflorestamento, projetos de permacultura voltados para a sustentabilidade, participando de workshops com refugiados e auxiliando na reconstrução de projetos”, diz o patrocinador da ideia, António Dias. A segunda edição do projeto começa oficialmente dia 15 de janeiro de 2019.

Pesquisa DiviCity.com

Qual o maior problema de Divinópolis?

Redes Sociais e Contato

© 2018 DiviCity.com. Todos os direitos reservados.Desenvolvido pela Iniciativa Comunicação Iniciativa

Search