Menu
TwitterFacebookPinterestGoogle+

feed-image Siga o DiviCity.com
Banner Zeos Travelling

agência de viagens

  • Agência de viagens fará doações para a campanha Outubro Rosa com a ACCCOM

    Campanha Outubro Rosa da Zeos TravellingPelo segundo ano seguido, a Zeos Travelling Agência de Viagens participa junto com a ACCCOM na campanha Outubro Rosa. Para todos os pacotes de viagem vendidos nas duas lojas da Zeos Travelling a empresa fará uma doação em dinheiro para o Hospital do Câncer.

    Em 2014 a campanha foi um sucesso e chegou a mobilizar alguns clientes que optaram por antecipar a compra de seus pacotes de viagem com o intuito de participar e ajudar na campanha.

    Segundo Celso Vilela, diretor da agência, o envolvimento da empresa com os projetos sociais da cidade é importantíssimo pois é uma maneira da empresa retornar a população parte do que recebe pela prestação de seus serviços.

    "Queremos não só ajudar um projeto social tão importante, quanto mobilizar outros empresários a fazerem o mesmo", diz o diretor.

    No shopping Pátio Divinópolis onde a empresa tem uma de suas duas lojas, todos os lojistas estão sendo procurados para aderirem a campanha.

     O que é o Outubro Rosa?

    O movimento popular internacionalmente conhecido como Outubro Rosa é comemorado em todo o mundo. O nome remete à cor do laço rosa que simboliza, mundialmente, a luta contra o câncer de mama e estimula a participação da população, empresas e entidades. Este movimento começou nos Estados Unidos, onde vários Estados tinham ações isoladas referente ao câncer de mama e ou mamografia no mês de outubro, posteriormente com a aprovação do Congresso Americano o mês de Outubro se tornou o mês nacional (americano) de prevenção do câncer de mama.

    Em 1997, entidades das cidades de Yuba e Lodi nos Estados Unidos, começaram efetivamente a comemorar e fomentar ações voltadas a prevenção do câncer de mama, denominando como Outubro Rosa. Todas ações eram e são até hoje direcionadas a conscientização da prevenção pelo diagnóstico precoce. Para sensibilizar a população inicialmente as cidades se enfeitavam com os laços rosas, principalmente nos locais públicos, depois surgiram outras ações como corridas, desfile de modas com sobreviventes (de câncer de mama), partidas de boliche e etc. (www.pink-october.org).

    Leia também: Secretaria de Saúde de Divinópolis inicia programação para ‘Outubro Rosa’

    A ação de iluminar de rosa monumentos, prédios públicos, pontes, teatros e etc. surgiu posteriormente, e não há uma informação oficial, de como, quando e onde foi efetuada a primeira iluminação. O importante é que foi uma forma prática para que o Outubro Rosa tivesse uma expansão cada vez mais abrangente para a população e que, principalmente, pudesse ser replicada em qualquer lugar, bastando apenas adequar a iluminação já existente.

    A popularidade do Outubro Rosa alcançou o mundo de forma bonita, elegante e feminina, motivando e unindo diversos povos em em torno de tão nobre causa. Isso faz que a iluminação em rosa assuma importante papel, pois tornou-se uma leitura visual, compreendida em qualquer lugar no mundo.

    Como participar

    Para participar basta procurar uma das lojas da Zeos Travelling durante o mês de outubro e adquirir um pacote de viagem nacional, internacional ou cruzeiro marítimo.

    Os endereços são:

    Loja I - Rua Coronel João Notini, 303 - loja 04 (esquina com a rua Osvaldo Machado Gontijo) | (37) 3212-1313
    Loja II - Shopping Pátio Divinópolis, 2º piso | (37) 3216-5400

    Banner Zeos Travelling

  • Agências de viagens em Divinópolis adotam estratégias na alta temporada

    Lisboa PortugalA quatro meses para o fim de 2016, agências de viagens em todo o mundo já começam a oferecer pacotes diferenciados a quem deseja viajar durante o Natal e Réveillon. Em Divinópolis essas empresas oferecem catálogos diversos. Algumas focam em roteiros nacionais com o objetivo de cativar especialmente a quem costumava viajar para outros países, mas não tem dinheiro suficiente. Outras apostam em roteiros europeus que afiram ser mais baratos do que muitos destinos nacionais.

    O empresário Morato Júnior, franqueado da CVC na cidade, afirma que a procura por pacotes turísticos neste mês de agosto tem sido maior do que em maio, quando o faturamento foi menor. Ele conta que a maior parte do interesse tem sido para roteiros internos, como o arquipélogo Fernando de Noronha, em Pernambuco. Mas, os destinos internacionais também têm espaço.

    "Os pacotes mais procurados atualmente são para destinos dentro do Brasil e também os resorts. Mas também temos vendido muitos internacionais para a Europa, o Caribe e os Estados Unidos. Oferecemos muitas promoções, como as que ocorrem com dólar 'congelado' e descontos", disse o empresário, que projeta crescimento de 5% a 10% no faturamento até o fim do ano, na comparação com o registrado no mesmo período do ano passado.

    Morato afirma perceber uma mudança no comportamento de alguns clientes. Devido às constantes altas do dólar, muita gente que costumava viajar nas férias para Buenos Aires, Santiago ou Bariloche passou a buscar os resorts, visando gastar menos. "A viagem, de modo geral, é algo cada vez mais essencial na vida das pessoas. Se por algum motivo financeiro a pessoa não pode viajar para fora do Brasil, faz questão de viajar para as inúmeras opções de roteiros internos. Essas pessoas só não se conformam em ficar em casa nas férias", pontuou.

    Para o gerente da Ascânio Tuor, Bruno Borba, o mercado local de roteiros turísticos está estável. Não favorece grandes projeções de crescimento, mas também não evidencia os prejuízos que levaram o setor a uma situação bem mais difícil em meados de 2015. "Tendo em vista essa situação pior que o mercado vivenciou, podemos dizer que está muito bom agora. Para manter a nossa cartela de clientes e cativar outros, buscamos o tempo todo o 'pensar fora da caixa'. Mantemos um relacionamento bastante próximo com quem se interessa por nossos produtos", comentou.

    banner lisboaBruno também percebe a migração de clientes de roteiros internacionais para os nacionais. "Mas essa busca por idas ao exterior tende a crescer ainda em 2016, pois temos percebidos constantes quedas no dólar [na tarde desta quarta-feira (10) a moeda americana, que recentemente alcançou a marca dos R$ 4, custava R$ 3,12]. Essa baixa favorece a compra de passagens aéreas", detalhou.

    O gerente também cita um fator da logística aérea em Divinópolis como favorecedor da procura pelos roteiros nacionais. O recente início de voos da companhia aérea Azul de Divinópolis à Campinas estimula o turismo.

    "De Campinas, nossos clientes podem partir para várias outras partes do Brasil. Essa conexão aérea falicita e estimula muito as viagens internas, como por exemplo aquelas com destino a Foz do Iguaçu, no Paraná", citou.

    Europa a preço baixo

    Já na Zeos Travelling, a maior aposta é nos roteiros à Europa, principalmente a Portugal. O diretor da empresa, Fred Oliveira, explica que recentemente a marca adquiriu uma agência de viagens naquele país- mercado que considera bastante promissor.

    "Temos vendido, em média, dois pacotes por dia com Portugal. Por muito tempo a maior parte da procura foi por destinos nacionais. Hoje, a maior parte das nosssas vendas é de pacotes para a Europa, como o de duas pessoas para Lisboa, que sai a R$ 5 mil. Muito mais barato do que para muito destino nacional", frisou.

    Leia também: Para driblar a crise, empresa de Divinópolis abre filial em Portugal.

    Proximidade cultural, semelhança da língua e a chance de conhecer locais turísticos famosos no mundo todo por preços bem menores do que muitas viagens nacionais são fatores encantadores, afirma o diretor. "Projetamos crsecimento de 20% dessas vendas até o fim do ano. É uma situação atípica para um período de crise econômica. Mas, vimos nessa crise uma oportunidade", finalizou.

    Fonte: G1 por Ricardo Welbert

  • CVC amanhece com 21 lojas fechadas

    cvc divinopolis fechadaA CVC passou a ter a partir de hoje, no Rio de Janeiro, uma nova administração, liderada pelo diretor regional de Vendas e Expansão para o Estado do Rio de Janeiro, Adriano Gomes. A mudança, no entanto, fez com que a operadora rompesse o contrato assinado em 2012 de master franqueado com a CRG Viagens, de Cláudia Bustamante.

    Como as partes não chegaram a um acordo, 21 das 70 lojas da empresa no Estado do Rio (todas pertencentes ao grupo CRG Viagens) amanheceram fechadas e devem continuar assim nos próximos dias até que haja um acordo. Entre as lojas que não abriram estão algumas das mais importantes, localizadas em shoppings centers do Rio e Grande Rio.

    Em entrevista para o Portal PANROTAS, Cláudia Bustamante lamenta a situação e diz que vem desde fevereiro tentando um acordo. “Até 2012 tínhamos uma relação ótima com a CVC, com contratos definidos diretamente com Guilherme Paulus, mas desde a entrada da Carlyle tivemos que mudar nossos contratos.

    Naquele ano assinamos um acordo de dez anos, vigente até 2022, mas eles romperam em fevereiro e nos deram até agosto. O tempo dado terminou ontem (7) e não chegamos numa definição, logo não abrimos nossas lojas, afinal não podemos operar com a marca CVC sem um contrato assinado”, disse Cláudia Bustamante.

  • Veja como encontrar passagens aéreas baratas

    turista organizando a viagemCom a proximidade das férias de verão, começa a aumentar a procura por passagens aéreas, e os preços, naturalmente, vão lá em cima. Mas adotando alguns hábitos simples é possível encontrar bilhetes mais baratos, você sabe como? Confira nossas dicas para achar passagens mais baratas e aproveitar sua viagem.

    1 - Tenha um bom agente de viagem

    Muita gente acha que comprar passagem aérea pela internet sai mais barato que em uma agência de viagem. Lêdo engano. Não há milagre a não ser que você acredite em contos de fadas. Os preços dos sites específicos não tem diferença alguma para uma agência de turismo, isto é, se o seu agente de viagem for interessado e atento aos melhores preços ele conseguirá a mesma promoção e com a vantagem de ter toda a segurança por estar comprando de um conhecido.

    2 - Se possível, compre com antecedência

    Essa é uma regra básica em quase toda compra pela internet (exceto em promoções relâmpago), e vale mais ainda no caso de passagens aéreas. Quanto maior a antecedência, mais chance de você pagar mais barato, e à medida que a data do voo se aproxima, os preços aumentam. O ideal é comprar a passagem com pelo menos dois meses de antecedência.

    3 - Verifique o melhor dia e horário

Notícias de DiviCity

Tecnologia

Seções

Redação

Baladas

REDES SOCIAIS