Menu
TwitterFacebookPinterestGoogle+

feed-image Siga o DiviCity.com

academia

  • Divinópolis: 14ª academia ao ar livre é inaugurada na cidade

    academia ao livre em divinopolisO Prefeito de Divinópolis, Vladimir Azevedo, e o deputado estadual, Fabiano Tolentino, inauguram na noite desta terça-feira (06/10), a Academia ao Ar livre do Bairro Walchir Resende. O novo conjunto de aparelhos é a 14ª em Divinópolis.

    A academia foi instalada na nova Praça do bairro e é fruto de uma emenda parlamentar do deputado estadual, Fabiano Tolentino. O prefeito, Vladimir Azevedo, destacou o empenho da administração em conjunto com os moradores locais para estruturar a praça para a instalação da academia.

    “Essa inauguração é prova de que quando os moradores se unem com o poder público as coisas fluem. Quando o deputado Fabiano Tolentino destinou a emenda parlamentar para essa academia a praça não tinha estrutura. Mas depois de muito esforço coletivo hoje estamos entregando a praça linda, reformada e com essa academia que contribui para a qualidade de vida da comunidade”, afirmou Vladimir.

    O vice-prefeito, Rodrigo Resende, destacou a melhoria da saúde para os moradores do bairro. “Aqui os moradores podem se exercitarem e promover a saúde com qualidade. Estamos empenhados em cada vez mais em buscar projetos para melhoria da vida dos moradores”, destacou.

    O deputado estadual lembrou-se da importância da parceria com a prefeitura para a Academia ao Ar Livre sair do papel. “Nós temos a missão de trazer os recursos e a prefeitura tem a missão de executar a obra. Se não tiver essa parceria, a academia não sai. É um recurso pequeno, mas faz um bem para a população”, disse.

  • Suplementação pode causar lesões renais

    homem malhado tomando suplemento alimentarNa moda e amplamente incentivado entre os praticantes de atividades físicas nas academias, o consumo exagerado de suplementos alimentares e vitaminas está levando aos consultórios mais pacientes com alterações na função renal, devido ao uso desses produtos sem acompanhamento e, muitas vezes, até como substitutos de refeições.

    Casos de insuficiência e calcificação renal, intoxicação e hipervitaminose ficam cada vez mais comuns nos consultórios com a explosão desse culto ao “lifestyle fitness” e com a lentidão na fiscalização dos produtos que são comercializados. A presidente da Sociedade Brasileira de Nefrologia (SBN), Carmen Tzanno, diz que chega a receber até dois pacientes por semana relatando problemas que, quando investigados, levam à constatação de que foram causados por suplementos.

    “Muitos pacientes são jovens e até adolescentes”, afirma ela. “Esse movimento é percebido há pelo menos três anos”, completa, ao explicar que a suplementação é recomendada apenas para atletas de alto rendimento ou para sanar deficiências geradas por patologias.

    A preocupação é crescente, e o consumo inadequado é apontado como uma das causas da disfunção renal, discutida em congressos da área. O nutrólogo e também nefrologista Alexandre Dias Pinto Coelho alerta que, em conversas informais em um desses eventos, foi levantada a suspeita de um possível surto na hemodiálise. “Pelo andar da carruagem, é possível que, dentro de dez ou 15 anos, comece a aparecer gente com doença renal terminal secundária ao uso abusivo de proteínas, sejam elas de suplementos ou não”, critica.

    Um dos principais riscos, segundo Coelho, é a dieta dos atletas que buscam hipertrofia (crescimento dos músculos), baseada principalmente em alimentos e suplementos ricos em proteínas, que, em excesso, podem acelerar nefropatias (lesões ou doença do rim) silenciosas. Carmen também ressalta os riscos das dietas da moda, como a Dukan, que, se aliada aos suplementos proteicos (como o Whey Protein, por exemplo), acaba levando à formação de pedras nos rins.

Notícias de DiviCity

Tecnologia

Seções

Redação

Baladas

REDES SOCIAIS