Menu
Façamos uma auto crítica

Façamos uma auto crítica

Quem me conhece sabe que sou inquieto e ...

O que aconteceu com a nova classe média: economista faz diagnóstico do antes e depois da crise econômica

O que aconteceu com a nova classe m…

‘A nova classe média est&aa...

Meu namorado não gosta de sexo. O que fazer?

Meu namorado não gosta de sexo. O q…

"Tenho vinte e seis anos, sou de Belo Ho...

Estudantes de escolas públicas dominam a UFMG

Estudantes de escolas públicas domi…

O predomínio de alunos de escolas...

Motorista de carreta que arrastou 23 carros diz que houve falha mecânica

Motorista de carreta que arrastou 2…

“Quando percebi que os freios falh...

Adélia Prado ganha o Prêmio Governo Minas Gerais de Literatura

Adélia Prado ganha o Prêmio Governo…

A poetisa Adélia Prado ganhou o P...

Minas Gerais se torna a Bélgica brasileira das cervejas artesanais

Minas Gerais se torna a Bélgica bra…

Quando alguém pensa na gastronomi...

Divinopolitano é o autor da música “Sosseguei” sucesso na voz de Jorge e Mateus

Divinopolitano é o autor da música …

A música mais ouvida neste ano na...

A triste geração que tudo idealiza e nada realiza

A triste geração que tudo idealiza …

Demorei sete anos (desde que saí ...

Votos de Galileu serão registrados como nulos pelo TSE

Votos de Galileu serão registrados …

Os votos recebidos pelo candidato &agrav...

Prev Next
TwitterFacebookPinterestGoogle+

feed-image Siga o DiviCity.com

prefeitura divinopolisDe acordo com decisão do Desembargador Kildare Carvalho do Tribunal de Justiça de Minas Gerais, os salários dos vereadores, prefeito, vice-prefeito e secretários em Divinópolis, deverão ter redução imediata a partir de outubro, novembro e dezembro.

Os salários voltaram aos valores anteriores à sanção das Leis Municipais 7.631/2012 , 7.632/2012, que fixou o subsidio para a legislatura 2013 a 2016:

Vereadores em R$ 10.021,00 (dez mil e vinte e um reais)

Prefeito, em R$ 20.042,00 (vinte mil e quarenta e dois reais), e o do

Vice-Prefeito e Secretários Municipais em R$ 10.021,00 (dez mil e vinte e um reais) –

A redução dos salários dos agentes políticos é em consequência de uma ADIN (Ação Direta de Inconstitucionalidade) ajuizada pelo Procurador-Geral de Justiça do Estado de Minas Gerais que considerou tais leis inconstitucionais, por terem sido votadas, aprovadas e promulgadas após as eleições de 2012, ou seja, em 27 de dezembro de 2012, quando já era conhecidos os nomes dos candidatos eleitos, violando desta forma o princípio da anterioridade previsto no artigo 29, V e VI da Constituição Federal, além do artigo 13 da Constituição Estadual que impõe observância ao princípio da moralidade, para que se evite a previsão da remuneração após já conhecidos os candidatos eleitos, e o artigo 179 que estabelece a fixação dos salários do prefeito, vice-prefeito e vereador será fixada em uma legislatura para ter validade somente na subsequente –

Os salários voltam aos seguintes valores:

Vereadores, Vice-Prefeito e Secretários Municipais em R$ 6.192,00 (seis mil, cento e noventa e dois reis)

Prefeito, em R$ 12.384,00

Adicionar comentário

Antes de postar o seu comentário, saiba que temos como identificar o seu computador, portanto é importante que NÃO poste comentários homofóbicos, anti racial ou que venha a denegrir a imagem de alguém. Você será responsabilizado caso isso venha a acontecer.


Código de segurança
Atualizar

Notícias de DiviCity

Tecnologia

Seções

Redação

Baladas

REDES SOCIAIS