Menu
Mano Menezes renova com o Cruzeiro até 2018

Mano Menezes renova com o Cruzeiro …

Mano Menezes assinará contrato de...

Relato de uma ex-detenta: "Diziam ao meu filho que eu trabalhava fora"

Relato de uma ex-detenta: "Diz…

Hannah Isabela Gonçalves da Rocha...

Maquiadora de Divinópolis participa de concurso da MAC

Maquiadora de Divinópolis participa…

Que as redes sociais é a melhor f...

Aumenta o número de empresas abertas em Divinópolis

Aumenta o número de empresas aberta…

O número de constituiç&ati...

Comerciante de Guarapari diz que mineiro é ‘o pior turista’

Comerciante de Guarapari diz que mi…

É comum a gente ouvir que Guarapa...

'Desafio' com vestido de Aline Riscado gera comentários machistas

'Desafio' com vestido de Aline Risc…

Um "desafio" com o vestido usado pela mo...

Três pessoas ficam feridas em acidente envolvendo caminhão em Divinópolis

Três pessoas ficam feridas em acide…

Um acidente envolvendo um carro de passe...

Horário de verão: Norte e Nordeste terão voos antecipados

Horário de verão: Norte e Nordeste …

Vai viajar de avião nos pró...

Bombeiros alertam para risco de ataques de pirambebas em lagoas e cachoeiras no Centro-Oeste de Minas durante feriado do Dia das Crianças

Bombeiros alertam para risco de ata…

Feriado prolongado com sol e calor combi...

'Se o brasileiro soubesse tudo o que sei, seria muito difícil dormir', disse a Ministra Cármen Lúcia

'Se o brasileiro soubesse tudo o qu…

A presidente do Supremo Tribunal Federal...

Prev Next
TwitterFacebookPinterestGoogle+

acccom combate cancerDepois de um ano parado, o acelerador linear , aparelho utilizado no atendimento de radioterapia do Hospital do Câncer em Divinópolis, está apto funcionar. O equipamento foi vistoriado por técnicos da Comissão Nacional de Energia Nuclear (Cnen). A unidade recebeu o laudo de autorização de funcionamento na segunda-feira (4), entretanto não há previsão de início de atendimentos.

De acordo com o físico médico Rômulo Verdolin, com o aparelho será dobrada a capacidade de atendimentos. Se antes cerca de 100 pessoas faziam o tratamento diariamente, agora cerca de 200 poderão ser atendidas. "Entretanto, dependerá da demanda e de autorizações prévias do hospital. Certamente agora são dois aparelhos aptos, a capacidade dobra, sem dúvidas", destacou.

O aparelho que faz o tratamento atualmente está disponível no hospital há cerca de 15 anos, segundo a unidade e, por conta da demanda, há pacientes que aguardam meses pelo tratamento que poderia ser mais ágil. Quem precisa passar pelo procedimento, têm que esperar, segundo a unidade. Com o novo aparelho a demanda será suprida, como destacou Rômulo.

O aparelho novo chegou no ano passado no hospital. De acordo com a assessoria da Acccom, ele foi viabilizado com recursos públicos no valor de R$ 1,8 milhão. Mais R$ 2 milhões foram fornecidos pela Associação.

Notícias de DiviCity

Tecnologia

Seções

Redação

Baladas

REDES SOCIAIS