Menu
O casal que ganha uma fortuna para viajar pelo mundo - e matar as pessoas de inveja

O casal que ganha uma fortuna para …

Collette e Scott Stohler têm uma c...

Criminosos explodem agência bancária e atiram contra policial em Oliveira

Criminosos explodem agência bancári…

Criminosos explodiram uma agência ...

Prefeito de Divinópolis explica revisão da planta de valores no São José

Prefeito de Divinópolis explica rev…

O Prefeito de Divinópolis, Gali...

Manifestantes protestam contra reforma previdenciária em Divinópolis

Manifestantes protestam contra refo…

Manifestantes se reuniram na tarde desta...

É possível viajar com orçamento baixo? Brasileiros acreditam que sim

É possível viajar com orçamento bai…

De acordo com levantamento mundial reali...

Governo oferece cursos grátis de Excel, inglês e espanhol

Governo oferece cursos grátis de Ex…

A Escola do Trabalhador é uma pla...

Qual conceito de lar para quem tem a casa na mochila?

Qual conceito de lar para quem tem …

Viver viajando. Rodar o mundo e trabalha...

Lei obriga Prefeitura de Divinópolis a divulgar destinação de recursos recebidos através de emendas parlamentares

Lei obriga Prefeitura de Divinópoli…

Os vereadores de Divinópolis apro...

Empreendedores ganham espaço com atendimento personalizado em Divinópolis

Empreendedores ganham espaço com at…

A correria do dia a dia faz com que mu...

Condutor atinge motociclista e foge em Divinópolis

Condutor atinge motociclista e foge…

Uma motociclista, que não teve a ...

Prev Next
TwitterFacebookPinterestGoogle+

acccom combate cancerDepois de um ano parado, o acelerador linear , aparelho utilizado no atendimento de radioterapia do Hospital do Câncer em Divinópolis, está apto funcionar. O equipamento foi vistoriado por técnicos da Comissão Nacional de Energia Nuclear (Cnen). A unidade recebeu o laudo de autorização de funcionamento na segunda-feira (4), entretanto não há previsão de início de atendimentos.

De acordo com o físico médico Rômulo Verdolin, com o aparelho será dobrada a capacidade de atendimentos. Se antes cerca de 100 pessoas faziam o tratamento diariamente, agora cerca de 200 poderão ser atendidas. "Entretanto, dependerá da demanda e de autorizações prévias do hospital. Certamente agora são dois aparelhos aptos, a capacidade dobra, sem dúvidas", destacou.

O aparelho que faz o tratamento atualmente está disponível no hospital há cerca de 15 anos, segundo a unidade e, por conta da demanda, há pacientes que aguardam meses pelo tratamento que poderia ser mais ágil. Quem precisa passar pelo procedimento, têm que esperar, segundo a unidade. Com o novo aparelho a demanda será suprida, como destacou Rômulo.

O aparelho novo chegou no ano passado no hospital. De acordo com a assessoria da Acccom, ele foi viabilizado com recursos públicos no valor de R$ 1,8 milhão. Mais R$ 2 milhões foram fornecidos pela Associação.

Notícias de DiviCity

Tecnologia

Seções

Redação

Baladas

REDES SOCIAIS