Menu

Banner Zeos Travelling

TwitterFacebookPinterestGoogle+

Banner Zeos Travelling

assassinatos 02Uma das demandas apresentadas pelo delegado responsável pelo 7º Departamento de Polícia Civil, em Divinópolis, Ivan José Lopes, durante a visita da chefe da Polícia Civil de Minas Gerais, delegada Andrea Vacchiano, nesta quinta-feira (04), é a mudança da sede do departamento para um local apropriado. Atualmente a sede fica no terceiro piso do Shopping Pátio Divinópolis e de acordo com a delegada, Andrea Vacchiano, que é a primeira mulher a chefiar a Polícia Civil de Minas Gerais, a Superintendência de Planejamento de Gestão e Finanças já tem conhecimento da necessidade e em breve a sede terá um novo endereço.

publicidade

“A sede está muito bem instalada, porém, não é a realidade de um Shopping Center. Isso já foi conversado com a Superintendente de Gestão e Finanças para que possamos verificar um local adequado. Só podemos dizer que já está bem encaminhado”, disse.

A delegada veio a Divinópolis juntamente com o Conselho Superior de Polícia para uma reunião gerencial com os policiais do 7º Departamento para a apresentação das novas diretrizes da Polícia Civil. Um levantamento de crimes da área de Divinópolis também foi apresentado para traçarem estratégia de combate a criminalidade e compra de equipamentos. Cerca de 120 pessoas, das cerca de 50 cidades que compõe o 7º Departamento, participaram do encontro.

Na área do 7º Departamento, o roubo representa 76% dos crimes violentos. Além dos crimes contra o patrimônio (furto e roubo) também foram abordados: tráfico de drogas, homicídio consumado e tentado. De acordo com a delegada, ações estão sendo realizadas para que essa porcentagem possa diminuir e para obter um resultado mais satisfatório é necessário o aumento do efetivo.

publicidade

“No último sábado (30), tivemos a nomeação de mil novos investigadores e no próximo dia 15, todos estarão na academia de polícia para início do curso. Em agosto, os investigadores serão designados para várias áreas do Estado. Estamos tentando também a nomeação de 112 peritos e 34 médicos legistas”, afirmou.

A delegada ainda defendeu a necessidade de mudança na forma de investigação, implementando tecnologia e novas ferramentas para que sejam utilizadas na área de inteligência.

Notícias de DiviCity

Tecnologia

Seções

Redação

Baladas

REDES SOCIAIS