Menu

Banner Zeos Travelling

TwitterFacebookPinterestGoogle+

homicidas divi 2 A Polícia Civil em Divinópolis apresentou na manhã desta sexta-feira (11), três jovens que foram presos suspeitos de homicídios e tentativa de homicídios na cidade. Um adolescente envolvido em uma tentativa de homicídio também foi apreendido. De acordo com o delegado de crimes contra a vida, Marcos Henrique Montalverne, os crimes ocorreram no final de julho e início de agosto. O primeiro investigado apresentado é apontado como o motorista de um carro que durante fuga da Polícia Militar (PM) atropelou duas idosas no Bairro Santo Antônio dos Campos (Ermida), no dia 28 de julho. Uma das vítimas não resistiu aos ferimentos e morreu horas depois do atropelamento no Hospital São João de Deus.

O suspeito, de 24 anos, chegou a ser preso um dia após o atropelamento, mas foi ouvido e liberado. “Ele já não estava mais na situação de flagrante, por isso foi ouvido e liberado. Ele negou os fatos, mas mesmo assim pedimos a prisão preventiva por 30 dias e o juiz atendeu o nosso pedido”, explicou o delegado.

Montalverne também disse que ao executar o mandado de prisão, o jovem tentou fugir pulando muros das casas vizinhas, mas foi perseguido e capturado pelos investigadores. “Ele vai responder por homicídio”, acrescentou.

Um adolescente, de 16 anos, envolvido no crime foi apreendido no mesmo dia do atropelamento e segue internado no Centro Socioeducativo.

300x250 Menina AviadoraTENTATIVA E HOMICÍDIO

Outro suspeito apresentado pelo delegado é um jovem de 19 anos. Ele e o comparsa, de 37 anos, são suspeitos de uma tentativa de homicídio ocorrida no dia 25 de julho, no Bairro Maria Peçanha.

Segundo informações do delegado, a vítima foi apontada como ladrão e os suspeitos do crime foram fazer “justiça” por não aceitarem que ocorram roubos no bairro, que é de classe baixa. “Os investigados acreditam que o roubo tem que ser feito contra pessoas mais abastardas. O homem teria chamado a vítima em um canto e, quando ela chegou o indivíduo atirou, mas os tiros não acertaram”, relatou.

Ainda de acordo com Montalverne, o comparsa do jovem nesta tentativa de homicídio foi morto a tiros. O corpo dele foi encontrado na manhã desta terça-feira (8) no Bairro Maria Peçanha. “Assim que o corpo foi descoberto nós fomos à casa do suspeito da tentativa de homicídio para saber se ele tinha algum envolvimento com o crime. Ele negou, mas está sendo investigado”, explicou.

TROCA DE TIROS

O terceiro caso solucionado foi uma tentativa de homicídio contra policiais militares no Bairro Porto Velho, ocorrida no dia 1º deste mês. Três indivíduos, ao perceberem a presença dos militares em uma boca de fumo começaram a atirar, os militares revidaram e balearam um jovem de 29 anos na perna.

Após socorrido ele foi preso. Os dois comparsas, de 17 e 18 anos, que tinham fugido, foram detidos esta semana. “Todos os investigados adultos foram levados para o Presídio Floramar e o adolescente para o Centro Socioeducativo. São indivíduos com várias passagens criminais, incluindo homicídios. Agora eles estão encarcerados e a população livre”, finalizou o delegado.

Notícias de DiviCity

Tecnologia

Seções

Redação

Baladas

REDES SOCIAIS