Menu
Morar fora: ou você muda ou você volta

Morar fora: ou você muda ou você vo…

Quando a gente vai morar fora, a gente &...

Crise impulsiona mudança de brasileiros para Portugal e pedidos de visto crescem 50%, em 2017

Crise impulsiona mudança de brasile…

Impulsionado pela crise, o fluxo migrat&...

Detentos serram cela e fogem de presídio em Pitangui

Detentos serram cela e fogem de pre…

Polícia Militar (PM) está ...

Empresários de Itaúna são investigados por falsificação e contrabando

Empresários de Itaúna são investiga…

O Ministério Público Feder...

O sexo flexível dos héteros

O sexo flexível dos héteros

Ter relações sexuais espor...

Leilão da Receita Federal tem IPhones, vinhos, relógios e drones

Leilão da Receita Federal tem IPhon…

No dia 25 de agosto, a Receita Federal r...

Duas mulheres são encontradas mortas em sacos plásticos em MG

Duas mulheres são encontradas morta…

Os assassinatos de duas mulheres com req...

Divinopolitano disputa emprego de R$100 mil

Divinopolitano disputa emprego de R…

Parece fackenews, mas não é...

Justiça manda herdeira que prometeu R$ 500 mil a Lula pagar dívida antes

Justiça manda herdeira que prometeu…

A Justiça de São Paulo det...

CNH digital deve ser implantada antes de fevereiro

CNH digital deve ser implantada ant…

O Conselho Nacional de Trânsito (C...

Prev Next
TwitterFacebookPinterestGoogle+

Banner Zeos Travelling

mosquito da dengueA partir deste mês, a Prefeitura de Formiga coloca em prática a legislação que prevê multa para o proprietário de imóvel com foco do Aedes aegypti, transmissor da dengue, chikungunya e zika. A penalidade será aplicada quando houver notificação e, dentro de dez dias, não for eliminado o foco.

Levantamento feito em outubro de 2015 pela Secretaria de Saúde mostra que 86% dos focos estão em residências. A partir deste mês, serão intensificadas as visitas a todos os imóveis do município.

A lei que prevê a multa é de 2011, porém precisava de um complemento, feito por meio de outra lei sancionada em 2015. O valor pode variar de uma a 20 UFPMF’s (Unidade Fiscal Padrão do Município de Formiga). Ou seja, pode ir de R$ 218,7 a R$ 4.374,00 em valores atuais.

“É uma medida dura, mas necessária. Nossa ideia é educar e, em último caso, punir. É para preservar a população. O bem coletivo tem de estar acima dos interesses individuais”, ressaltou o secretário municipal de Saúde, Gonçalo de Faria.

“Precisamos, mais do que nunca, de que a população se conscientize e não jogue lixo nem na rua nem nos imóveis e lotes vagos”, complementou o secretário municipal de Gestão Ambiental, Jorge Zaidam, que informou que novos mutirões de limpeza serão realizados em breve.

Os agentes de endemias estão orientados a recorrer até mesmo à polícia e à Justiça caso algum proprietário de imóvel impeça a vistoria. As denúncias poderão ser feitas pelo telefone 3329-1143 (com André ou Tatiane).

publicidade

Larvicida e informativos

O Município chegou a ficar de 30 a 40 dias sem larvicida, uma vez que o Estado vinha encontrando dificuldade para comprar esse material e somente ele tem autorização legal. Agora, o fornecimento foi normalizado e o trabalho com esse produto será intensificado.

A Secretaria Municipal de Saúde aguarda ainda o envio de material informativo por parte do Estado, para intensificar o trabalho de conscientização. Estão sendo feitas também parcerias com entidades (como igrejas e o Tiro de Guerra) para fortalecer o combate.

Número de casos

Até o momento, foram registrados 12 casos suspeitos de dengue em Formiga em janeiro. Em todo o ano de 2015, foram 5.295 casos suspeitos, dos quais 2.779 foram confirmados.

O Município não tem nenhum registro de chikungunya ou zika.


publicidade

Notícias de DiviCity

Tecnologia

Seções

Redação

Baladas

REDES SOCIAIS