Menu

TwitterFacebookPinterestGoogle+

feed-image Siga o DiviCity.com
Banner Zeos Travelling

Esportes MG

Atlético e Cruzeiro precisam de algo a mais na reta final do Brasileirão para atingir as suas metas

  • Escrito por Hoje em Dia

galo x rapoza2Depois de mais de 2/3 do Campeonato Brasileiro disputado, o restante de 2015 será com o futebol mineiro mirando os dois extremos da tabela. O Atlético é um dos três times que brigam pelo título. Já o Cruzeiro faz parte é da turma que luta contra o rebaixamento. O que une os dois rivais é a necessidade de um algo a mais nas 12 rodadas finais para que seus objetivos sejam alcançados.

“O Corinthians dificilmente ficará com menos de 70 pontos, embora acredite que ele possa chegar aos 73, 74. Se um time quiser ser campeão tem que superar essa marca”, analisa Gilcione Nonato Costa, professor do Departamento de Matemática da UFMG, que mantém o site Probabilidades no Futebol.

Dentro dessa briga pela taça, Gilcione acredita que a Série A de 2015 pode até ter um recorde de pontuação dos primeiros colocados: “A melhor marca de um vice-campeão foi 72 pontos, com o Grêmio, em 2008, e o Atlético, em 2012. Este ano, acredito que podemos ter Corinthians, Atlético e Grêmio chegando aos 73”.

Outro aspecto destacado por ele é a influência da arbitragem na parte de cima da tabela. “Normalmente, os erros a favor e contra se equivalem. No final, não fazem muita diferença. O problema é que tivemos um final de turno e início de returno com um desequilíbrio a favor do Corinthians. Isso tem influência na vantagem que o time paulista abriu e o coloca como favorito para o título”, revela o professor.

Atlético suspende a venda de cerveja no Independência nesta quarta

  • Escrito por O Tempo

Atleticanas bebendo cerveja no IndependênciaEm razão da dificuldade para a fiscalização, controle e segurança, o Atlético informou, na noite desta terça-feira, que não vai vender cerveja durante a partida desta quarta-feira, contra o Avaí, no Independência.

Na última partida no Horto, contra o Atlético-PR, alguns copos foram atirados por torcedores no gramado, o que obrigou a diretoria do Atlético a tomar providências para identificar os responsáveis e evitar a perda de manda de campo.

Leia também: Organizador da Florida Cup diz que presença do Galo é fruto de pedido de torcedores nos EUA

Até a noite desta terça-feira, 6.170 ingressos tinha sido vendidos antecipadamente, sem contar os associados Galo na Veia Preto. Ainda há entradas para todos os setores.

Locais e horários da venda de ingressos nesta quarta-feira: 10 às 17h – Sede de Lourdes

Estádio

10 às 20h45 – Bilheteria Pitangui
17h30 às 20h15 – Bilheteria Ismênia
17h30 às 20h15 – Bilheteria Visitante (Portão 8) (por questões de segurança, os ingressos para a torcida visitante serão vendidos somente no dia do jogo, no estádio, duas horas antes do início da partida)

PREÇOS DOS INGRESSOS:

BLOCO PITANGUI
Cadeira (Portão 5) – R$ 50
Especial (Portão 3) – R$ 100
Vip (Portão 4) – R$ 240

BLOCO MINAS
Especial (Portão 6) – R$ 80
Cadeira (Portão 7) – R$ 40
Vip (Portão 9) – R$ 240

BLOCO ISMÊNIA
Especial (Portão 2) – R$ 100
Cadeira (Portão 10) – R$ 50
Cadeira VISITANTE (Portão 8) – R$ 50


publicidade

Organizador da Florida Cup diz que presença do Galo é fruto de pedido de torcedores nos EUA

  • Escrito por Super Esportes

florida cup internaO Atlético participará pela primeira vez da Florida Cup, nos Estados Unidos. O torneio será realizado entre os dias 9 e 21 de janeiro de 2016. O presidente da SV2, Ricardo Silveira, organizador do evento, disse que a presença do Galo é fruto da importância do clube no Brasil e do pedido de muitos torcedores na América do Norte.

“A gente definiu que seria um clube por estado, referências do futebol de cada região. Em São Paulo, foi o Corinthians, no Rio, o Fluminense, o Internacional no Sul e o Atlético em Minas. É um dos clubes com mais torcida nos EUA. No ano passado, muitas pessoas pediram que o Atlético viesse. Para o torcedor do Brasil, os clubes vão criar, por meio de agências, pacotes para quem quiser assistir os jogos nos Estados Unidos. Já recebi ligações de atleticanos que estão até em Londres e pretendem acompanhar o time”, disse ao Superesportes.

A previsão é que a Florida Cup tenha oito equipes, mas existe a possibilidade de ampliar para 10. Além dos quatro times brasileiros, haverá participantes da Europa e possivelmente de outros continentes.

“A tendência é que tenhamos mais países a cada ano. Há uma chance de chegar a 10 em 2016. Estamos em conversas com outros clube sul-americanos, do mercado chinês e coreano”, completou.

Questionado sobre os efeitos do torneio para a pré-temporada dos clubes, Silveira disse que as equipes não serão prejudicadas em nenhuma hipótese, e ainda poderão agregar todos os benefícios estruturais dos Estados Unidos com a arrecadação de novas receitas.

Notícias de DiviCity

Tecnologia

Seções

Redação

Baladas

REDES SOCIAIS