Menu
TwitterFacebookPinterestGoogle+

mano menezes no cruzeiroMano Menezes assinará contrato de mais um ano com o Cruzeiro hoje e comandará o time também na próxima temporada, com toda a sua comissão técnica valorizada. O principal objetivo dele e da nova diretoria, que tem em Itair Machado o homem-forte do futebol, será a conquista do tricampeonato da Copa Libertadores. Enquanto alguns companheiros, desinformados, tentam enganar o público, dizendo que Mano está apalavrado com o Palmeiras, o técnico e o Cruzeiro anunciarão a assinatura do contrato hoje.

Conforme publiquei, Itair Machado deixou tudo apalavrado quando ainda estava em Orlando, passando férias com a família. De lá, ele ligou para Mano, fez sua proposta e mostrou que gostaria de valorizar os auxiliares de Mano, principalmente, Sidnei Lobo, fiel escudeiro do treinador. Mano ficou feliz, deu seu OK e disse que era um privilégio poder continuar seu trabalho no clube. O Cruzeiro tem um grupo muito forte, pretende reforçá-lo ainda mais em 2018 e Mano é o treinador mais longevo entre todos que estão na elite do futebol brasileiro. Com ele o torcedor terá a certeza de que mais conquistas virão.

Banner da Zeos TravellingComo sempre faço, as informações que dou são sempre em primeira mão e baseadas em fontes confiáveis. Resta aos tolos e incompetentes tentar desmentir o que no dia seguinte torna-se verdade. Uma pena que parte da imprensa no país seja tão despreparada e sem fontes. Com a renovação de Mano, Itair Machado já começa trabalhando de forma competente, mostrando ao torcedor que críticas ele vai rebater com trabalho em prol do clube.

NOITE TERRÍVEL

O Cruzeiro não fez uma boa partida ontem, em Curitiba, e acabou derrotado pelo Coritiba por 1 a 0. Foi impressionante a quantidade de erros de passes dos jogadores azuis. O Coritiba não apresentou nada. Futebol pobre, esperando os contra-ataques. Deu sorte no gol contra de Diogo Barbosa. Porém, o time comandado por Mano Menezes não estava muito disposto a jogar bola. Mais parecia ter comido uma feijoada, tamanha a displicência de alguns jogadores. As bolas atravessadas pelo meio eram um complicador. Fosse o dono da casa um pouco mais competente, teria se aproveitado e feito mais gols. Porém, como é candidato ao rebaixamento, pela sua fragilidade, o Coritiba conseguiu um resultado importante. Já classificado para a Libertadores do ano que vem, por ser o campeão da Copa do Brasil, o Cruzeiro ainda pensa em chegar mais perto do líder, Corinthians. Porém, com o futebol apresentado ontem vai ficar difícil. Como o clube já projeta 2018 com a nova diretoria, o objetivo é avaliar quem vai ficar e quem vai embora, com o objetivo de montar um grupo muito forte para a conquista da Libertadores.

LEIA TAMBÉM: Camisa do Cruzeiro é eleita a mais bonita do futebol brasileiro

No Horto, o Galo esteve mal e conheceu sua oitava derrota em casa, com jogadores abaixo de qualquer crítica, tropeçando nas próprias pernas. Chegou a fazer 1 a 0 sobre a Chapecoense, com Valdívia, mas, numa falha de Victor, Wellington Paulista empatou. Canteros fez 2 a 1 ainda no primeiro tempo. No segundo tempo, Elias foi expulso. As coisas se complicaram, mas Fred, de cabeça, empatou: 2 a 2. Mas a Chape chegava a hora em que bem entendia. Em bela jogada pela esquerda, Luiz Antônio recebeu de Reinaldo e chutou forte, da marca do pênalti: 3 a 2.

Realmente, o novo presidente do Galo terá um grande trabalho pela frente, pois vai administrar muitos jogadores “come e dorme”, que ganham fortunas e não justificam o salário. Será preciso reduzir a folha salarial, mandar embora aqueles que não justificam o custo-benefício. De favorito às conquistas a um time sem ambição, sem qualidade, sem inspiração. Se Oswaldo de Oliveira for mantido, terá que achar um camisa 10, um homem que construa as jogadas, que crie, que tenha visão de jogo. Cazares nunca foi e nunca será este homem. O Galo precisa buscar também um centroavante moderno, que saiba fazer gols e ajude o time com tabelas, velocidade e definição. Definitivamente, essa peça está em falta na Cidade do Galo. O Horto, que era um terreiro sagrado para o Atlético, já não assusta mais ninguém. Qualquer time bem armado chega aqui e leva os três pontos.

Notícias de DiviCity

Tecnologia

Seções

Redação

Baladas

REDES SOCIAIS