DiviCity

Esportes BR

Com Otero de maquinista, locomotiva do Galo atropela Ferroviário-CE e fica perto da vaga

Foi mais que um passo, foi um salto rumo às oitavas de final da Copa do Brasil.

O Atlético-MG goleou o Ferroviário, do Ceará, por 4 a 0, no jogo de ida da quarta fase da competição, na noite desta quarta-feira, no Independência. Ricardo Oliveira, Otero (2) e Erik marcaram os gols.

No jogo de volta, dia 18 de abril, no Castelão, o Atlético-MG pode perder por até três gols de diferença que garante um lugar nas oitavas de final, quando entram na disputa os clubes que estão na Taça Libertadores.

PRIMEIRO TEMPO

O domínio do Atlético-MG foi sendo construído não só com posse de bola, mas com gols. Logo no primeiro minuto, o time abriu o placar, com Ricardo Oliveira, depois do cruzamento de Samuel Xavier.

LEIA TAMBÉM: Pelé brinca com gol de CR7: \"Fico imaginando de onde ele aprendeu aquilo...\"

As duas equipes tiveram chances para marcar, mas o gol só saiu aos 28 minutos, e foi do Galo, de novo. Desta vez, Otero arriscou um chute de longe. A bola desviou e enganou o goleiro Léo. O venezuelano ainda fez o segundo dele e o terceiro da equipe, aos 39 minutos, após tabelar com Gustavo Blanco.

SEGUNDO TEMPO

Assim como na primeira etapa, o Atlético-MG iniciou o tempo final com gol. Aos quatro minutos, o time ampliou com Erik. Róger Guedes foi na linha de fundo, driblou a marcação e cruzou. O goleiro Léo defendeu e, no rebote, a bola bateu no zagueiro e voltou no corpo de Erik, antes de entrar.

O placar elástico deixou o jogo em ritmo mais lento. O Atlético-MG procurou tocar mais a bola. O Ferroviário também não forçou muito, parecia conformando com o resultado. Mesmo assim, não faltaram chances. O Galo teve uma grande oportunidade com Róger Guedes, que fez fila na entrada da área e chutou forte para a boa defesa de Léo.

O Ferroviário teve boa chance com Sávio. Erik quase fez mais um para o Atlético-MG. Ele parou na defesa do goleiro. Róger Guedes também teve grande momento desperdiçado, já no fim do jogo.

TITULARES POUPADOS

Alguns jogadores do Atlético-MG terminaram o jogo de ida da final do Mineiro muito desgastados. Diante disso, o técnico Thiago Larghi decidiu poupar o lateral-direito Patric, o zagueiro Leonardo Silva, os volantes Adilson e Elias e o atacante Luan, visando também o confronto de volta com o Cruzeiro.

Foi a chance para reservas mostrarem valor, casos de Samuel Xavier, Bremer, Arouca, Gustavo Blanco e Tomás Andrade. Na etapa final, Larghi ainda sacou Fábio Santos, Otero e Ricardo Oliveira para as entradas de Danilo Barcelos, Róger Guedes e Erik.

Siga o DiviCity

ASSINA NOSSAS NOTÍCIAS

Receba diariamente as notícias de DiviCity por e-mail

Pesquisa DiviCity.com

Qual o maior problema de Divinópolis?
Banner DiviCity.com
Portugal.Com.Vc tudo para quem quer morar em Portugal

Redes Sociais e Contato

© 2018 DiviCity.com. Todos os direitos reservados.Desenvolvido pela Iniciativa Comunicação Iniciativa

Search