Notícias de Minas Gerais

Esportes MG

Cruzeiro e Patrocinense empatam e vão se reencontrar nas quartas

Um resultado digamos “satisfatório” para todo mundo. Patrocinense e Cruzeiro empataram por 1 a 1 na noite deste domingo, em Patrocínio, e vão se encontrar nas quartas de final do Campeonato Mineiro, já no próximo fim de semana, desta vez no Mineirão.

Rafael Marques saiu à frente no placar, mas Genesis, com um gol salvador aos 39 min da etapa final, colocou o time da casa na fase mata-mata do torneio, avançando por conta do saldo de gols. Um prêmio para o time de Patrocínio, que retornou ao Módulo I neste ano e, de quebra, ganhou uma vaga na Série D do Brasileiro.

O Cruzeiro, por sua vez, deixou escapar a chance de igualar a melhor campanha da primeira fase do Estadual que era do próprio clube, conquistada em 2013, quando o time da Raposa terminou a classificatória com 31 pontos. Desta vez, o time celeste terminou com 29 pontos. Foram nove vitórias e dois empates.

O JOGO

Era previsível que o Cruzeiro não fosse o time tão insinuante dos demais jogos do Mineiro. O único teórico titular foi Raniel. Com um ataque completamente modificado, que contava também com Rafael Marques e Judivan, a Raposa encontrou dificuldades para finalizar. Comandado por Sidnei Lobo, o time, no geral, sofreu nos primeiros minutos e teve que se desdobrar para conter os avanços do camisa 11 do time da casa: o ousado Ademir. Pouco criativo, o Cruzeiro não conseguiu impor muitas dificuldades ao goleiro Neguete. E Rafael, por sua vez, também foi pouco exigido.

Na segunda etapa, o Patrocinense voltou mais ligado na partida. Aos 11 min, Ademir chutou forte, obrigando Rafael a fazer uma boa defesa. Na sequência, o próprio Ademir tentou o rebote, mas furou de forma bisonha. Tentando ganhar mais espaço no campo ofensivo, Sidnei Lobo resolveu sacar Judivan para entrada de Sassá. Após quase seis meses fora por conta de uma cirurgia no joelho, o atacante do “dente de ouro” retornou aos gramados.

Aos 26 min, Rafael Marques aproveitou o passe de Mancuello, limpou o goleiro Neguete e chutou para o fundo das redes. Um alívio para o camisa 15, que no início da temporada chegou a ser cotado para deixar o clube, mas vem permanecendo apesar das críticas e questionamentos.

Para a alegria do time da casa, aos 39 min, Genesis aproveitou uma bobeada celeste e chutou forte, sem chances para Rafael. O jogador recebeu a bola em posição de impedimento.

Siga o DiviCity

ASSINA NOSSAS NOTÍCIAS

Receba diariamente as notícias de DiviCity por e-mail

Pesquisa DiviCity.com

Qual o maior problema de Divinópolis?
Banner DiviCity.com
Portugal.Com.Vc tudo para quem quer morar em Portugal

Redes Sociais e Contato

© 2018 DiviCity.com. Todos os direitos reservados.Desenvolvido pela Iniciativa Comunicação Iniciativa

Search