Cadernos Especiais

Comportamento

Isolamento domiciliar: famílias transformam limão em limonada

Criança brincando em Casa

Nos grupos de pais nas redes sociais o que não falta é reclamação. Uns criticam a qualidade das aulas online propostas pelas escolas, outros o fato de ter de fazer atividade com os filhos, uns estão preocupados com o conteúdo, outros querem férias.

O trabalho em casa, o famoso home office, ganhou o apelido de hells office, uma referência ao trabalho infernal, neste período de pandemia de coronavírus.

Professores reclamam que de uma hora para outra tiveram de aprender a produzir conteúdo online e as escolas não estavam preparadas para isso. Nesse cenário de caos, o melhor a fazer é tentar transformar o limão em uma limonada e tirar proveito do momento.

Leia também:

"Realmente é cansativo manter a rotina da casa e ainda realizar as atividades propostas pela escola e brincar com ela", conta Soraia Mota, mãe de Manuela, de 5 anos, que estuda no colégio Mary Ward. "Mas, ao mesmo tempo, essa é uma oportunidade de estar perto, de acompanhar o desenvolvimento dela, o que não consigo quando estou trabalhando. Por esse aspecto, acho que tem sido uma experiência muito positiva."

Além das atividades escolares, Soraia e Manuela colocam a mão na massa. "Fazemos uma série de atividades juntas, como preparar bolo, também tem o momento de brincar", diz. "Quarentena só é ruim para quem está no hospital."

Piloto e dono de uma agência de test drive de carros, Norberto Gresse viu os negócios pararem neste período de quarentena. Em casa, Norberto participa ativamente da rotina dos filhos, Theo, de 4 anos e Lucca, de 2.

"Minha mulher é personal trainer e consegue dar aulas online, eu fico mais tempo com os meninos e com as coisas da casa", conta. "Eu sempre sonhei em ser pai e estou realizando o sonho de poder me dedicar 100% aos meus filhos."

Os meninos estudam no colégio Pio XII e as atividades são lúdicas. "Sem dúvida, eles gostam muito do conteúdo que é enviado online, imagino que outros pais que tenham de estudar matemática com crianças maiores tenham mais dificuldade, mas por aqui, tudo é muito legal."

E como os pais que continuam trabalhando, mas em casa, fazem para equilibrar o dia a dia? A médica Flávia Saraceni continua atendendo seus pacientes via telemedicina e precisa equilibrar as atividades do filho de 2 anos e 10 meses, que mesmo pequeno, tem atividades escolares.

"Para dar conta, estabelecemos uma rotina e organizamos em uma planilha quais são as atividades e os horários", explica. Os pais acompanham as atividades online do pequeno Leonardo que já estuda no colégio Brasil Canadá. Enquanto um trabalha o outro cuida do filho. E para manter o equilíbrio, aulas de yoga.

• PUBLICIDADE | AFILIO •

Siga o DiviCity

Pesquisa DiviCity.com

VOCÊ TEM MEDO DO CORONAVÍRUS?
Booking.com
Booking.com

Redes Sociais e Contato

© 2018 DiviCity.com. Todos os direitos reservados.Desenvolvido pela Iniciativa Comunicação Iniciativa

Search