Notícias de Divinópolis

Economia

Aeroporto de Divinópolis receberá R$ 6 milhões para compra de equipamentos

Aeroporto Brigadeiro Cabral em Divinópolis

A Prefeitura Municipal de Divinópolis e a SAC - Secretaria de Aviação Civil, assinaram hoje (26/05) o contrato para compra de equipamentos para o Aeroporto Brigadeiro Cabral.

Pelo contrato a Prefeitura receberá o equivalente a R$ 6 milhões que deverá ser investido principalmente na aquisição dos equipamentos necessários para voos noturnos. Além dessa melhoria, o aeroporto deverá receber também uma unidade do Corpo de Bombeiros dentro do terminal.

Segundo Rafael Nogueira, Secretário Municipal de Desenvolvimento Econômico, após a licitação e a compra dos equipamentos, o próximo passo será a retomada das negociações com a Azul para a voltar a operar voos ligando Divinópolis à Campinas.

"A previsão de uma retomada fica um pouco complicado porque dependemos de licitação, do fornecimento destes equipamentos. Por isso, neste momento, não temos como precisar um retorno. Tentaremos isso na maior brevidade possível", disse.

• PUBLICIDADE | ZEOS TRAVELLING •
 

Outras melhorias

Obras de melhorias da pista e infraestrutura do saguão e salas de embarque já foram viabilizadas pela Infraero, que hoje administra o aeroporto.

O plano de melhorias prevê outras obras e reformas como a estação meteorológica de superfície que já foi construída e auxilia os pilotos, de forma automática, sobre as orientações do clima e ventos em tempo real.

Um plano de melhorias para o Aeroporto Brigadeiro Cabral em Divinópolis está em discussão entre a Empresa Brasileira de Infraestrutura Aeroportuária (Infraero) e a Prefeitura desde janeiro deste ano.

Em nota, a Infraero, que está a frente da gestão do aeroporto desde junho de 2019, disse que uma primeira versão do plano de melhorias foi entregue à Secretaria Nacional de Aviação Civil (SAC) em dezembro do ano passado, e desde então os ajustes estão sendo discutidos.

"A secretaria recomendou que ajustes fossem feitos. Desta forma, a documentação final será entregue até o fim de janeiro, quando deverá ser celebrado o Termo de Compromisso para viabilizar as adequações, que ficarão sob responsabilidade da Prefeitura. Posteriormente, o terminal poderá reiniciar as operações de voos regulares", diz a nota.

Obras no aeroporto

Próximo à pista de pouso e decolagem das aeronaves foi construída a Estação Meteorológica de superfície, que possibilita aos pilotos receberem de forma automática as orientações das condições meteorológicas do aeroporto em tempo real - medida que garante mais segurança nas operações.

Segundo o Secretário a Prefeitura tem uma despesa média mensal de cerca de R$ 70 mil com a manutenção do aeroporto.

"Nós temos o custo da Infraero e o custo por termos contratado uma empresa a parte, para segurança, limpeza e manutenção do aeroporto. A Infraero nos custa R$ 42 mil mensais e essa empresa nos custa R$ 37 mil mensais. A Infraero é até um valor maior, mas como está sem os voos comerciais, ela está nos fazendo um valor abaixo", finalizou Nogueira.

• PUBLICIDADE MAGALU •

More about: |

Siga o DiviCity

ASSINA NOSSAS NOTÍCIAS

Receba diariamente as notícias de DiviCity por e-mail

Pesquisa DiviCity.com

VOCÊ TEM MEDO DO CORONAVÍRUS?
Booking.com
Booking.com
Banner DiviCity.com
Portugal.Com.Vc tudo para quem quer morar em Portugal

Redes Sociais e Contato

© 2018 DiviCity.com. Todos os direitos reservados.Desenvolvido pela Iniciativa Comunicação Iniciativa

Search