Notícias de Divinópolis

Saúde

Em áudio diretora do São João de Deus diz ser assustador a reabertura do comércio em Divinópolis

Aúdio Whatsapp reclama do comercio em Divinópolis

Após vazar um áudio da diretora-presidente do Complexo de Saúde São João de Deus, Elis Regina tratando como “assustador” a reabertura do comércio em Divinópolis, ela amenizou e disse se tratar de uma “opinião pessoal” e que não tem autonomia para definir sobre retomada das atividades econômicas.

A preocupação é com a estrutura de leitos e corpo clínico para atender a demanda caso aumente o fluxo de pacientes.

“Se vocês me perguntarem se é assustador o cenário eu acho que é, principalmente, com essa história toda que está acontecendo de liberar o comércio (…) Os pacientes de Covid estão entrando, mas não estão saindo mais. Eu, literalmente, acho que o governo demorou demais a tomar providências, o Estado por exemplo, demorou demais, porque agora que o Estado está começando a falar de fluxo, que está chamando o São João para saber se tem leitos para poder atender”, diz no áudio.

Mesmo destacando que a Secretaria Municipal de Saúde tem planos alternativos caso aumente a demanda, ela se disse preocupada. “Mesmo com plano A, plano B eu acho que a gente não vai dar conta. Estou preocupada”, destacou.

Em nota, o hospital disse que o áudio foi veiculado de forma insensata e antiética por um participante de um grupo privado em que a gestora hospitalar participava. Segundo a instituição, “houve uma mudança do contexto da conversa que ocorria no grupo no momento do envio do áudio, quando a Diretora Presidente demonstrava sua preocupação permanente em oferecer uma estrutura hospitalar capaz de atender todos os pacientes com Covid-10 na instituição, pensando ainda na tendência do aumento dos casos tendo como base as ações similares que foram adotadas por outros países com relação à flexibilização do isolamento social”.

“Não cabe a mim definir sobre a permanência ou redução do isolamento social no município. No áudio apenas demonstrei minha opinião pessoal. Não tenho nenhuma representatividade na cidade que venha a interferir nas decisões do município com relação ao assunto. Sou apenas uma administradora contratada para administrar o Complexo de Saúde São João de Deus que por sua vez é referência para o tratamento de Covid na região”, afirma Elis.

Ela ainda destaca que o diálogo se referia ao isolamento social e nunca com relação à abertura do comércio.

“Foi apenas uma opinião pessoal e informal que de forma antiética foi viralizada nas redes sociais. Não tenho poder nenhum para ir contra a reabertura do comércio local. Muitos dos empresários locais têm se mostrado solidários neste momento vivido por todos nós e buscado sempre ajudar o nosso São João de Deus, considerando-o verdadeiramente um patrimônio regional. Entretanto, nós profissionais da instituição que somos referência da saúde para toda a região, temos a obrigação sim de nos preocupar com a estrutura e capacidade de atendimento de toda população, principalmente na ocorrência de uma pandemia local do Coronavírus”. 

• PUBLICIDADE | AFILIO •

Siga o DiviCity

ASSINA NOSSAS NOTÍCIAS

Receba diariamente as notícias de DiviCity por e-mail

Pesquisa DiviCity.com

VOCÊ TEM MEDO DO CORONAVÍRUS?
Booking.com
Booking.com
Banner DiviCity.com
Portugal.Com.Vc tudo para quem quer morar em Portugal

Redes Sociais e Contato

© 2018 DiviCity.com. Todos os direitos reservados.Desenvolvido pela Iniciativa Comunicação Iniciativa

Search